quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Mauro Nazif nomeou 708 cargos comissionados e Hildon Chaves terá 1.494; Aumentando em mais de 100% os famosos CDS

 

Mauro Nazif nomeou 708 cargos comissionados e Hildon Chaves terá 1.494; Aumentando em mais de 100% os famosos CDS
Porto Velho, RO – O prefeito da capital nomeou mais 72 assessores para cargos comissionados na prefeitura de Porto Velho, entre eles ex-vereadores, suplentes de vereadores, lideranças comunitárias, lideranças partidárias, partidários do PSDB, amigos e técnicos.
A publicação está no Diário Oficial n° 5.375 de 18 de Janeiro de 2017que foi disponibilizado na internet na manhã desta quarta-feira 19.01.2017, com os nomes e outros atos dos secretários municipais.
Nesta semana o prefeito Hildon Chaves já nomeou 274 na segunda-feira, 272 na terça-feira e hoje mais 72, perfazendo um total de 628 servidores com salários de R$ 900,00 à R$ 15.500,00.
O ex-prefeito Mauro Nazif (PSB) nomeou em sua administração um total de 708 servidores comissionados e o prefeito Hildon Chaves (PSDB), só nesta semana já nomeou 628, fora os que foram nomeados na primeira e segunda semana, o prefeito pode nomear um total de 1.494 cargos comissionados.
O prefeito em seu discurso de posse prometeu cortar 40% dos cargos comissionados, mas fez ao contrário aumentou mais de 100% os famosos cargos comissionados, que estão sendo disputados quase na tapa por aliados do prefeito do PSDB.

PERCORRENDO



 Exibindo 42a2a58f-ec75-4724-b471-646233c82826.jpg

Superintendente visita escritórios regionais do Sebrae

O diretor-superintendente do Sebrae em Rondônia, Valdemar Camata Júnior, visitou oficialmente esta semana os escritórios regionais da instituição em Vilhena, Pimenta Bueno, Cacoal, Rolim de Moura, Ji-Paraná e Ariquemes. O objetivo, segundo ele, foi alinhar a atuação estratégica deste ano, assim como aproximar a rede de parceiros de cada regional, como prefeituras, associações comerciais e demais entidades para parcerias futuras.

cid:image012.jpg@01D2339B.A8BFB850

Denis Farias
Analista I
UMC – Unidade de Marketing e Comunicação
Fone: (69) 3217-3823/98488-0937
Av. Campos Sales, 3421 - Olaria
Porto Velho-RO

PARCERIAS



     Exibindo DSC_2312.jpg

Nova Mamoré quer educação empreendedora nas escolas

O prefeito de Nova Mamoré, Claudionor Leme, visitou a sede do Sebrae em Rondônia na tarde desta terça-feira (17). Acompanhado de seu vice, Claudiomir Rodrigues e da secretária de educação Leidiane da Silva, se reuniu com o diretor técnico Samuel Silva. Em pauta estiveram parcerias entre as duas instituições para levar educação empreendedora para a região da “Pérola do Mamoré”.

Programas do Sebrae que incentivam o empreendedorismo para alunos do ensino fundamental devem ser implantados nos próximos meses. A capacitação de professores e o material didático também estiveram em discussão.

Outra boa notícia é a realização conjunta da Semana do Empreendedorismo na cidade. Houve um primeiro contato para a elaboração de um convênio para levar o evento para o município, que capacita empreendedores, com ou sem negócio formalizado, na gestão de seu empreendimento.

cid:image012.jpg@01D2339B.A8BFB850

Denis Farias
Analista I
UMC – Unidade de Marketing e Comunicação
Fone: (69) 3217-3823/98488-0937
Av. Campos Sales, 3421 - Olaria
Porto Velho-RO

Um tempo obscuro

 

O mal e o remédio estão em nós. A própria espécie humana, que agora nos indigna, se indignou antes e se indignará amanhã. Agora vivemos um tempo em que o egoísmo pessoal tapa todos os horizontes. Perdeu-se o senso da solidariedade, o senso cívico, que não deve ser confundido com a caridade. É um tempo obscuro, mas chegará, com certeza, outra geração mais autêntica. Talvez o homem não tenha remédio, não progredimos muito em bondade em milhares de anos na Terra. Talvez estejamos percorrendo um longo e interminável caminho que nos leva ao ser humano. Talvez, não sei onde nem quando, chegaremos a ser aquilo que temos de ser. Quando a metade do mundo morre de fome e a outra metade não faz nada… algo não funciona. Quem sabe um dia!
José Saramago, in As palavras de Saramago

MINISTRO RELATOR DA LAVA JATO TEORI ZAVASCKI MORRE EM QUEDA DE AVIÃO

 

Bombeiros confirmam morte do relator da Lava Jato no acidente
Bombeiros revelaram que três pessoas morreram e uma foi resgatada com vida. 
A identidade do sobrevivente não foi confirmada

Um avião de pequeno porte caiu na tarde desta quinta (19) em Paraty (RJ) com quatro pessoas a bordo. Um dos nomes na lista de passageiros é o do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, relator do processo da Lava Jato.
De acordo com testemunhas, chovia muito na hora do acidente e uma delas afirmou ter visto uma pessoa tentando sair do avião. O Corpo de Bombeiros de Paraty confirmou há pouco que o ministro está entre os mortos na queda do avião.
Com a operação de resgate ainda em curso, uma lancha foi disponbilizada pela Polícia Militar para auxiliar o Corpo de Bombeiros e a Capitania dos Portos.
Pouco antes da confirmação da morte de Teori, o filho Francisco Zavascki havia confirmado, pelo Facebook, que o pai estava a bordo da aeronave que caiu no mar.

Documentação da aeronave está regular
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) afirmou que o avião, matrícula PR-SOM, modelo King Air C-90, onde estava o ministro do Supremo apresentava certificados de inspeção em dia. De acordo com a Anac não havia nenhuma pendência em relação à aeronave.

Texto e foto: Diário do Poder

Ceguinho desconfiado

Imagem relacionada

Pense num cara preocupado

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Qual a diferença?


Carlos Eduardo Novaes, O Globo
Houve uma época — durante o regime militar — em que havia somente dois partidos políticos no país (Arena e MDB).
Houve também uma época — mais recente — em que o Brasil tinha apenas duas facções criminosas (CV e PCC).
Com o correr do tempo e o andar da carruagem, os partidos políticos foram se multiplicando feito coelho, e as facções criminosas acompanharam este milagre da multiplicação.
Hoje, o país abriga 35 partidos políticos e 25 facções criminosas.
Nunca ninguém moveu uma palha — muita conversa fiada apenas — para conter o crescimento dos partidos e das facções.
Os partidos são representados no Congresso e nas Assembleias, enquanto as facções são representadas nas cadeias e penitenciárias.
Tanto os partidos quanto as facções são organizações de alcance nacional, com seus símbolos, estatutos e conselhos.
O Partido Popular (ex-PPB), por exemplo, se propõe à construção de uma sociedade justa, livre, democrática, solidária e pluralista. Já o código de conduta da facção Família do Norte (FDN) propõe “luta, união, justiça, respeito e liberdade”.
Como ocorre entre os partidos, nas facções também há grandes e pequenas agremiações.
A facção do PCC, por seu tamanho e capilaridade, é considerada o PMDB da bandidagem (sem colarinho branco). As minúsculas facções Cerol Fino e Consórcio do Crime são comparadas ao Partido Pátria Livre.
Como ocorre entre os partidos, as facções também fazem alianças. Agora mesmo, no massacre de Manaus, descobriu-se que o CV e a FDN se aliaram contra o PCC.
Não há noticias de nenhum membro das diversas facções presente nas Câmaras e Assembleias Legislativas. Mas todos sabemos que vários representantes de partidos políticos estão presentes em cadeias ou na penitenciária em Curitiba.
Tanto os representantes dos partidos quanto os das facções estão atrás das grades porque, é obvio, cometeram algum tipo de delito.
Caso, no entanto, seja feita uma pesquisa, ela vai revelar que boa parte dos detentos jogados como animais nas penitenciárias cometeu crimes menores do que os membros de partidos instalados no Complexo Penal de Pinhais.
O presídio tem capacidade para abrigar 700 presos. Sabe quantos estão engaiolados lá dentro? 700! As penitenciárias que mantêm as facções transbordam, com mais de 200 mil apenados acima de suas capacidades. No espaço reservado para um detento estão espremidos cinco!
Conclui-se então — mais uma vez — que aquele texto constitucional que afirma que “todos são iguais perante a lei” é pura cascata.
Quer uma prova?
José Dirceu foi flagrado com um carregador de celular em sua cela e foi castigado: 20 dias sem receber visitas. Entre a rapaziada de chinelo e camiseta que é apanhada com celulares — algo que quase nunca acontece —, o castigo é outro: uma temporada na “solitária” e cancelamento do tempo que estava contando para redução da pena.
As semelhanças são muitas; mas as diferenças, maiores ainda.
Os bem-nascidos detentos de partidos não precisam ir além do tráfico de influência. A bandidagem das facções mata, esfola, degola, trafica armas e drogas e nem sabe pronunciar “Odebrecht”.

Curso Auditor Interno da Qualidade

Exibindo Auditor Interno da Qualidade 2017.jpg

Inscrições para seleção de 2.695 vagas na Unir começam na quinta, 19

Unir RO (Foto: Unir/Divulgação) As inscrições para o processo seletivo de novos alunos para cursos presenciais de graduação da Universidade Federal de Rondônia (Unir) começam nesta quinta-feira (19) e seguirão até o dia 23 de janeiro. Conforme o edital, são ofertadas 2.695 vagas em mais de 63 cursos distintos distribuídos em oito campi no estado de Rondônia. O ingresso dos estudantes à instituição será no 1º e 2º semestres de 2017.
Para se inscrever no processo seletivo, o candidato deve ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e apresentar o número da inscrição no ato. As inscrições na Unir são feitas exclusivamente a partir das notas obtidas pelos candidatos no Enem. Os interessados devem ter concluído o ensino médio ou estar matriculado no 3º ano do ensino médio.
As inscrições serão realizadas mediante ao preenchimento do formulário eletrônico, que está disponível no portal de processos seletivos da Unir, basta clicar aqui.
Segundo a Unir, 50% das vagas são destinadas ao sistema de cotas, sendo reservadas para os alunos que concluíram integralmente o ensino médio na rede pública de ensino, conforme determinado no Edital.
Cursos
Para o primeiro semestre de 2017, são oferecidas vagas no cursos de Engenharia de Alimentos, Pedagogia, Administração, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia de Produção, Administração, Gestão Ambiental, Pedagogia, Engenharia Ambiental, Estatística, Física, Administração, Biblioteconomia, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Econômicas, Ciências Sociais, Computação, Direito, Educação Física, Física, Geografia, História, Letras/Português, Matemática, Pedagogia, Psicologia, Engenharia de Pesca, Medicina Veterinária, Jornalismo e Letras.

No segundo semestre, candidatos podem escolher entre os cursos de Administração, Ciências Contábeis, Direito, Matemática, Pedagogia, Artes Visuais, Arqueologia, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Filosofia, Letras/Espanhol, Letras/Inglês, Letras/Libras, Medicina, Música, Química, Teatro, Agronomia, Engenharia Florestal, História, Pedagogia, Administração, Ciências Contábeis e Pedagogia e Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS).
Os campus são distribuidos nas cidades de AriquemesCacoalGuajará-MirimJi-Paraná,Porto VelhoRolim de Moura e Vilhena.

TA NO ALERTA ROLIM

Utilidade Pública – Procura-se uma Cadela da raça Pitbull desaparecida

Procura-se uma cadela da raça Pitbull que está desaparecida desde o período da manhã do último sábado (14) no Bairro Beira Rio em Rolim de Moura.

Quem encontrou ou vier a encontrar, favor entrar em contato através dos seguintes telefones: (69) 98435-6820 ou 9 8489-9384. Oferece recompensa!

 

Fernando Pessoa me ajudando

 

Noto uma coisa extremamente desagradável. Estas coisas que ando escrevendo aqui não são, creio, propriamente crônicas, mas agora entendo os nossos melhores cronistas. Porque eles assinam, não conseguem escapar de se revelar. Até certo ponto nós os conhecemos intimamente. E quanto a mim, isto me desagrada. Na literatura de livros permaneço anônima e discreta. Nesta coluna estou de algum modo me dando a conhecer. Perco minha intimidade secreta? Mas que fazer? É que escrevo ao correr da máquina e, quando vejo, revelei certa parte minha. Acho que se escrever sobre o problema da superprodução do café no Brasil terminarei sendo pessoal. Daqui em breve serei popular? Isso me assusta. Vou ver o que posso fazer, se é que posso. O que me consola é a frase de Fernando Pessoa, que li citada: “Falar é o modo mais simples de nos tornarmos desconhecidos.”
Clarice Lispector, in A descoberta do mundo

Otto Lara entrevista Nelson Rodrigues


https://youtu.be/80XlM1yBt3c?t=38

IGUALZINHO

Dois aposentados, que ganhavam um "extra"
 preparando cadáveres para enterro, recebem
 um corpo para ser preparado.
Um deles arregala os olhos e diz:
- Você já viu um pau destes?
O outro responde:
- Eu tenho um igual!
O primeiro, espantado, contra-argumenta:
- Assim grande?
- Não, assim morto!

Jacaré gigante filmado em reserva na Flórida é comparado a Godzilla

Um jacaré gigante apelidado de "Godzilla" ou "Corcunda" foi filmado por uma moradora de Lakeland, na Flórida, e gerou polêmica nas redes sociais.
Jacaré gigante filmado em reserva na Flórida é comparado a Godzilla (Foto: Kim Joiner/Facebook) Jacaré gigante filmado em reserva na Flórida é comparado a Godzilla (Foto: Kim Joiner/Facebook)
Jacaré gigante filmado em reserva na Flórida é comparado a Godzilla (Foto: Kim Joiner/Facebook)

A americana Kim Joiner postou neste domingo (15) o vídeo, em que o réptil cruza lentamente em frente de passantes assustados com seu tamanho na reserva natual Circle B Bar, no condado de Polk. Assista.


Internautas chegaram a questionar a veracidade do vídeo, insinuando que ele teria sido manipulado digitalmente, mas outros moradores da região relataram também ter avistado o animal.

Novinha de 18 anos tomando banho na laje

 
Vídeo amador com novinha gostosa de 18 anos tomando banho na laje peladinha caiu na net, veja gostosa tomando banho na Laje lavando buceta gostosa e filmando tudo pro namorado mas acabou na net, veja agora essa novinha safadinha bem gostosa dos peitinhos deliciosos peladinha na laje tomando banho e gravando um vídeo caseiro pro namorado vazou tudo na internet veja ela nua

 

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

QUANDO EU VEJO UM RIO DESSE ..., ME DAR UMA VONTADE DE PESCAR

Preciso me vacinar contra a febre amarela? Veja perguntas e respostas sobre o surto em MG

Em um hospital de São Paulo, desde que os casos de febre amarela silvestre começaram a aumentar em Minas Gerais, a procura por vacinas triplicou. São 38 mortes notificadas em terras mineiras e dois óbitos no noroeste paulista – em São José do Rio Preto e em Ribeirão Preto. O G1 conversou com especialistas para entender qual é o tamanho da epidemia e quem precisa correr para se prevenir contra a doença.
1. Por que este surto de febre amarela é chamado de “silvestre” e “selvagem”?
Porque os casos são registrados em regiões rurais ou de mata, transmitidos pelos mosquitos Haemagogus ou Sabethes. Por enquanto, não foi detectada a transmissão da doença pelo Aedes aegypti, mais famoso pela dengue, zika e chikungunya e por gostar das áreas urbanas.
2. É possível que a epidemia chegue às grandes cidades?
Sim. Uma pessoa infectada em zona rural poderá ir para uma cidade. Uma vez picada por um mosquito Aedes aegypti, o inseto poderá transmitir para outra pessoa, e assim por diante. A boa notícia é que isso não aconteceu ainda, de acordo com o Ministério da Saúde e os médicos entrevistados.
"A pessoa que vive dentro da cidade, em São Paulo por exemplo, não precisa entrar em pânico, mas é verdade que todo mundo tem que receber pelo menos uma dose da vacina [...]. Sem dúvida alguma, pessoas que têm contato com área rural ou silvestre precisam estar vacinadas", disse Marcelo Simão, consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia. 

Vale ressaltar que o vírus da febre amarela não é transmitido de pessoa para pessoa, apenas pela picada de mosquitos infectados.
"A epidemia, na verdade, está entre os macacos da mata. O homem adentrando ou estando próximo é picado pelo mesmo mosquito e adquire a doença", completou Simão.
3. Devo sair atrás da vacina, então?
Como o surto está concentrado fora das regiões urbanas, o Ministério da Saúde recomendou a imunização para todas as pessoas que residem em Áreas com Recomendação da Vacina contra febre amarela e aqueles que vão viajar para regiões silvestres, rurais ou de mata. Os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Espírito Santo e Rio de Janeiro estão fora da área de recomendação para a vacina.
4. Quem não pode se vacinar?
Por causar reações, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não recomenda a vacina para pessoas com doenças como lúpus, câncer e HIV, devido à baixa imunidade, nem para quem tem mais de 60 anos, grávidas e alérgicos a gelatina e ovo.
Mosquito haemagogus é um dos transmissores da forma rural da febre amarela (Foto: Reprodução/TV Globo)
Mosquito haemagogus é um dos transmissores da forma rural da febre amarela (Foto: Reprodução/TV Globo)
Mosquito haemagogus é um dos transmissores da forma rural da febre amarela (Foto: Reprodução/TV Globo)
5. Eu me vacinei uma vez, preciso me vacinar novamente?
De acordo com o infectologista Artur Timerman, presidente da Sociedade Brasileira de Dengue e Arboviroses, é importante se vacinar duas vezes - a segunda dose deverá ser tomada depois de 10 anos. Depois disso, a pessoa ficará imune por toda a vida.
Para áreas epidêmicas da doença, a Organização Mundial da Saúde (OMS) informa que é necessária apenas uma dose – a chance de o corpo entrar em contato com doença por uma segunda vez antes de perder a proteção é grande. Tal contato reforça a criação de anticorpos e funcionaria como uma segunda dose.
6. A doença vai se espalhar por todo o Brasil?
Depende. De acordo com os especialistas, se a população de Minas Gerais e das áreas afetadas passar por uma boa vacinação de contenção, o surto irá diminuir. Todas as pessoas residentes nas regiões dos casos devem ser imunizadas.
O Ministério da Saúde informou que todos os estados estão abastecidos com a vacina e o país tem estoque suficiente para atender toda a população nas situações recomendadas. O órgão disse, ainda, que enviou 735 mil vacinas ao estado, totalizando mais de 1 milhão de doses ao estoque de Minas Gerais.
7. Quais os sintomas da febre amarela?
A doença se torna aparente de três a seis dias após a infecção, de acordo com o Ministério da Saúde. Os sintomas iniciais são febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. A maior parte das pessoas apresenta uma melhora após tais sintomas.
Cerca de 20% a 40% das pessoas que desenvolvem a versão mais grave da doença (15% do total de infectados) podem morrer.

ELEIÇÕES 2016

Esse negócio de pedido de cassação feito pelo  Ministério Público Eleitoral (MPE-RO)  do diploma do prefeito de Rolim de Moura, Luiz Ademir Schock (PSDB) e seu vice, Fabrício Melo (PSD), é conversa para boi dormir, vaca tossir e babaca rir. Realmente existe um documento protocolado   na 29ª Zona Eleitoral do município, datado do dia 29 de dezembro de 2016 com o número 000000181.2017.622.0029. Mas esse documento não tem eira nem beira e, caso haja condenação em primeira instância, cabe recursos. Esse documento é só mais uma maneira do Ministério Público dizer para a sociedade que está  atuante e atento a todos os acontecimentos ocorridos nas eleições municipal de 2016.

Biografia do vice-prefeito de Alta Floresta do Oeste (RO)

 
 Vice-prefeito Edmar Boldt (Foto: Facebook/Edmar Boldt)

Edmar Boldt, nasceu em 29 de abril de 1966, na cidade de São Gabriel da Palha (ES), Edmar Boldt foi vereador do município no período de 2013 a 2016. Ele também foi presidente da Câmara de Vereadores no biênio 2015/2016.

Em 2016, disputou o cargo de vice-prefeito pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), e venceu a eleição com 72,42% dos votos válidos, juntamente com o prefeito Carlos Borges. Edmar tem 50 anos e tomou posse do cargo na prefeitura no dia 1° de janeiro deste ano.

MATÉRIA DO ALERTA ROLIM - FOTO DO G1

 Represa está sendo esvaziada para ajudar equipe de resgate (Foto: 190 Online/ Reprodução)
Alta Floresta - Vice-prefeito de alta floresta, Edmar Boldt morre afogado em represa na zona rural, corpo foi encontrado quase 10 horas depois pela equipe de bombeiros
O Vice-prefeito eleito Edmar Boldt 50 anos, foi vitima de afogamento na manhã deste domingo (15), por volta das 11hr15, o fato ocorreu em uma represa localizada na linha 40 km 06 zona rural, em Alta Floresta (RO).

De acordo com as informações confirmadas ao site 190online pela Policia Militar, Edmar estava em um barco tratando peixes, em uma represa vizinha a sua propriedade, momento em que o barco em que ocupava, veio a tombar em meio à represa. Edmar ainda tentou se segurar no barco, e ainda tentou nadar até a margem da represa, mas logo após submergiu.

Houve ainda uma tentativa de resgate, por pessoas que estavam próximas as margens da represa e viram o exato momento em que Edmar caiu na água, logo tentaram socorre-lo, mas não conseguiram, pois o corpo já havia desaparecido, Edmar foi encontrado por volta das 20hr40, quase 10 horas depois pela equipe do corpo de Bombeiros da cidade de Rolim de Moura e policiais militares de Alta Floresta que também apoiaram nas buscas, a represa precisou ter sua barragem rompida com ajuda de uma PC para que o nível de água baixasse para facilitar nas buscas.

No local havia um grande número de pessoas, curiosos e voluntários na tentativa de ajudar de alguma forma.

O vice-prefeito Edmar Boldt foi vereador por três mandatos. Foi eleito presidente da Câmara de Vereadores por duas vezes. Um homem com potencial político elevado, de muito respeito. Edmar deixa esposa e dois filhos.

A equipe do site 190 online, lamenta a fatalidade e manifesta os mais profundos sentimentos de luto e pesar a familiares e amigos.

O local e horário do velório de Edmar será divulgado nas próximas horas.

sábado, 14 de janeiro de 2017

CAPA DA VEJA

Assine

‘Perdemos o timing’ para prender Lula, diz delegado da Lava Jato

Maurício Moscardi Grillo © image/jpeg Maurício Moscar
Coordenador da Operação Lava Jato na Polícia Federal, o delegado Maurício Moscardi Grillo afirma em entrevista a VEJA que houve um tempo em que os investigadores tinham provas, áudios e indícios que poderiam caracterizar tentativa de obstrução da Justiça por parte do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas que, hoje, “os elementos que justificariam um pedido de prisão preventiva não são tão evidentes”. Ele diz também que foi um erro ter levado o petista para depor no Aeroporto de Congonhas porque acabou permitindo a ele passar uma imagem de vítima.
O delegado afirma que a PF ainda não digeriu bem o fato de a corporação ter ficado fora da delação da Odebrecht e que “há uma personificação da parte de alguns procuradores como heróis na força-tarefa”. E faz um alerta: mudanças no comando da PF, como cogita o ministro Alexandre de Moraes (Justiça), podem comprometer o andamento da Lava Jato.
Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no   iOS,   Android   ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no   Go Read.